Segurança e Prevenção Acidentes Graves

A TERPARQUE, consciente das suas responsabilidades no que concerne à Segurança e Prevenção de Acidentes Graves, assumiu uma abordagem pró-ativa destas questões.

A TERPARQUE está comprometida em assegurar que a sua atividade e operações de suporte são realizadas minimizando os Perigos e Riscos associados, e no integral cumprimento para com todas as disposições regulamentares aplicáveis neste âmbito. Igualmente, está empenhada em assegurar a implementação das melhores práticas de Gestão da Segurança e de Prevenção de Acidentes Graves, de forma a obter a melhoria contínua do seu desempenho.

Relativamente à Prevenção de Acidentes Graves, a TERPARQUE estabeleceu a seguinte Política:

Desenvolvendo a TERPARQUE a atividade de armazenagem de combustíveis líquidos, considerações sobre a Prevenção de Acidentes Graves envolvendo Substâncias Perigosas como meio de proteção de pessoas, do ambiente e dos ativos, encontram-se refletidas nos propósitos da Empresa.

A Gerência da TERPARQUE está ciente das suas responsabilidades em assegurar os meios, estruturas e sistemas de gestão adequados ao correto desenvolvimento da sua atividade, de forma a minimizar e prevenir o risco de ocorrência de Acidentes Graves.

Nesta linha de orientação, toda a atividade da TERPARQUE é desenvolvida de forma responsável e de acordo com rigorosos padrões de Segurança, Ambiente e Qualidade, encontrando-se estabelecida a seguinte Política de Prevenção de Acidentes Graves.

  • Melhorar, continuamente, os seus Processos e Tecnologia;
  • Avaliar periodicamente o desempenho do Sistema de Gestão da Segurança, com o intuito a melhorar continuamente;
  • Cumprir com todos os Requisitos Legais e Boas Práticas, seguindo todos os preceitos estabelecidos da ação preventiva;
  • Identificar e Avaliar continuamente todos os Perigos e Riscos de Acidentes Graves inerentes às suas Atividades, Processos e Modificações, e estabelecer medidas de eliminação e/ou mitigação e/ou monitorização;
  • Analisar Incidentes, Acidentes e/ou Quase-Acidentes internos e/ou externos verificados em empresas congéneres, como ferramenta de prevenção;
  • Ouvir e ter em consideração os contributos de todos os Colaboradores da Empresa;
  • Divulgar, a todos os que trabalham com a Empresa, os Perigos e Riscos inerentes à sua atividade;
  • Cooperar com Entidades, Instituições, Comunidades e Associações na resolução e melhoria de questões relacionadas com a Segurança e o Ambiente;
  • Considerar critérios de Segurança e Ambiente aquando da Avaliação e Seleção de Fornecedores e Subcontratados;
  • Ter uma forte capacidade de resposta de atuação em Emergência;
  • Formar e Treinar regularmente os seus Recursos Humanos para prevenir a Ocorrência de Acidentes e/ou Incidentes, bem como para garantir uma atuação eficaz em Emergência;
  • Promover a realização de Simulacros contemplando Cenários de Acidentes Graves, com a participação de Entidades Oficiais, Autoridades e Empresas envolvidas na atividade, com o intuito de validar a capacidade de Resposta a Emergências;
  • Promover a implementação de Procedimentos de Controlo Operacional, através dos quais será monitorizada toda a atividade, permitindo assim a introdução permanente de melhorias nos Sistemas de Gestão e Processos/Atividades Operacionais, bem como assegurar o adequado cumprimento dos diversos Objetivos
    estabelecidos;
  • Cumprir com os Planos de Inspeção e Manutenção implementados, os quais abrangem a manutenção preventiva, corretiva, inspeção e ensaios dos Equipamentos Operacionais, de Segurança, e de Intervenção em Cenário de Emergência;
  • Responsabilizar todos os Recursos Humanos por zelarem pela sua Segurança e por cumprirem com as Regras e Normativos Internos, sendo este um aspeto relevante na Avaliação de Desempenho e condição de emprego.

A TERPARQUE assume, portanto, um posicionamento responsável e pró-ativo relativamente à Proteção do Homem e do Ambiente, assegurando uma adequada Prevenção e Controlo do Risco de Ocorrência de Acidentes Graves envolvendo Substâncias Perigosas, bem como uma capacidade de resposta para Atuação em Cenário de Ocorrência de um Acidente.

Praia da Vitória, 22/06/2019 | Edição 04

No âmbito da Prevenção de Acidentes Graves, a Diretiva nº 2012/18/EU, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 4 Julho de 2012 (Diretiva SEVESO III), foi transposta para o direito nacional através do Decreto-Lei n.º 150/2015, de 5 de Agosto.

Dando cumprimento à obrigação do Operador em manter disponível ao público de forma permanente, nomeadamente por via eletrónica, a informação constante do anexo VI e do artigo 30.º do Decreto-Lei n.º 150/2015, de 5 de Agosto, a TERPARQUE disponibiliza a informação constante na seguinte hiperligação: Diretiva SEVESO.